Implantes Dentários

Novas tecnologias

A sofisticacão dos tratamentos clínicos e radiológicos tem permitido a otimização dos padrões de qualidade nas cirurgias reconstrutivas em implantodontia. Essas tecnologias jà são utlizadas pela equipe da clínica FACE, para que possamos sempre oferecer o tratamento mais adequsdo e mais seguro para você.

Pioneirismo no uso de indutores ósseos

A clínica FACE é pioneira na utilização do INFUSE® na cidade de Criciúma e região. Trata-se de um biomaterial sintetizado a aprtir de um recombinante humano da proteína óssea morfognética tipo 2 (rhBMP-2) e é atualmente o único material indutor de formação ósseo disponível no mercado mundial, capaz de induzir por si só o crescimento de novo osso em áreas que necessitam aumento de volume ósseo ou união óssea entre 2 segmentos ósseos separados. Com este material, o uso de enxertos ósseos autógenos é dispensado, promovendo assim cirurgias mais seguras, menos agressivas e mais rápidas. Sua capacidade osteoindutiva é um milhão de vezes (106) maior quando comparados com outros fatores de crescimento, uma vez que a proteína osteoindutiva é pura e em concentração de 1,5 mg/cc de colágeno. É relevante mencionar que o produto INFUSE® é o único material deste seguimento e possui estudos de evidência clínica NÍVEL 1, ou seja, estudos que ocupam a melhor posição na escala de qualidade de avaliação de estudos.

L-PRF

Fibrina rica em plaquetas e leucócitos (L-PRF®) é um concentrado de fibrina autógena obtida a partir da centrifugação controlada do plasma sanguíneo, coletando-se as fases de plaqueta e leucócitos contendo fração de fibrina. Tal material libera fatores de crescimento (PDGF, VEGF, TGF entre outros) em 7-14 dias, precisamente quando a há um pico na formação de novos vasos sanguíneos e crescimento ósseo, potencializando e otimizando significativamente a cicatrização das regiões operadas e a regeneração tecidual.

É confeccionado com o sangue do próprio paciente em poucos minutos. Após a coleta do plasma, este é cntrifugado em ciclos pré-determinados até separar o plasma dos elementos figuras do sangue, formando uma membrana de fibrina rica em plaquetas e leucócitos.

Dentre as propriedades deste concentrado, destaca-se:

  • Segregação e liberação de altas quantidades de plaquetas e fatores de crescimento plaquetários de maneira lenta e contínua;
  • Possui um grande potencial imunológico, prevenindo infecções;
  • Potente estimulador de angiogênese, sinalizador e quimiotático para células-tronco e demais células que participam do processo de reparação e regeneração tecidual;
  • otimizam maturação, estabilização e revascularização dos enxertos ósseos;
  • Fornecem vedação e hemostasia da ferida cirúrgica (diminuem sangramento);
  • Funciona também como membrana para proteção dos enxertos ósseo, dispensando o uso de membranas de colágeno.

Cirurgia sob sedação consciente

Diante de toda ansiedade e possível medo que antecede as cirurgias em alguns pacientes, a clínica FACE oferece procedimentos cirúrgicos sob sedação consciente, que promove total relaxamento e conforto durante os procedimentos cirúrgicos. Esta técnica é inovadora no Brasil, mas muito utilizada nos Estados Unidos e na Europa.

Esta sedação é realizada por médico anestesiologista, que acompanha o paciente o monitora as funções vitais durante todo o procedimento, que é realizado inteiramente em consultório odontológico, sem necessidade de anestesia geral.

Os benefícios da sedação incluem:

  • Eliminação de todo medo e fobia a procedimentos odontológicos;
  • Amnésia retrógrada: paciente não lembra do procedimento cirúrgico;
  • Analgesia: auxiliar no controle da dor trans e pós-operatória;
  • Tempo de cirurgia diminuído;
  • Recuperação instantânea: paciente liberado logo após termino do procedimento, sem necessidade de recuperação anestésica;
  • Indicação para qualquer paciente, em todas as faixas etárias;
  • Mantém o nível de consciência: paciente responde a comandos verbais e estímulos;
  • Realização de procedimentos mais complexos e/ou diversos procedimentos na mesma cirurgia;